REUNIÃO COM ASSOCIADOS

Paranhos participa de reunião no Sinduscon e reafirma a parceria com a construção civil

O prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, participou na noite desta segunda-feira (28) de reunião de associados do Sinduscon Paraná Oeste. O prefeito esteve acompanhado dos secretários municipais de Desenvolvimento Econômico, João Alberto Soares de Andrade, e da Casa Civil, Cletírio Fiestler. A reunião foi comandada pelo engenheiro civil João Luiz Broch, presidente do Sinduscon Paraná Oeste, e contou também com a participação do presidente da Acic, Edson Vasconcelos. 

Segundo Paranhos, o Sinduscon tem ampla abrangência e papel relevante no processo de desenvolvimento de Cascavel. “Por isso, torna-se indispensável a parceria entre poder público e indústria da construção civil”, destacou o prefeito. Segundo ele, essa união está sendo estendida para melhorar ainda mais o dia a dia de todos. “Atendendo pedidos do setor, através do IPC (Instituto de Planejamento de Cascavel), os empresários serão ouvidos em um fórum permanente de discussões sobre temas que dizem respeito ao crescimento de Cascavel”, observou Paranhos. 

Uma das discussões já em andamento diz respeito à expansão do perímetro urbano do município. O setor quer participar efetivamente deste debate, que motivou reunião semana passada entre Paranhos e integrantes do CII (Comitê de Indústria Imobiliária) do sindicato. Ano passado, por exemplo, não foi autorizada a expansão do perímetro urbano de Cascavel. “É preciso obedecer a uma demanda coletiva e estar em sintonia com o crescimento da cidade, ou seja, estar acima do interesse pessoal. E essa expansão não pode ser desenfreada, sem planejamento. Por isso foi criado o IPC para trabalhar com entidades como o Sinduscon, que miram o desenvolvimento e o futuro. Estamos em uma cidade jovem e as ações que fizermos agora vão nortear as próximas gestões”, disse o prefeito. 

Segundo Paranhos, a função da administração pública é construir parcerias, promover diagnósticos e encontrar meios que fortaleçam o setor produtivo, dando musculatura, de forma saudável, ao município. “Governar não pode ser o desafio de uma só pessoa. É preciso sintonia com o empresariado que gera emprego e renda e estabelecer políticas públicas que beneficiem o cidadão”, comentou o prefeito.